Terca-Feira, 10 de Dezembro de 2019
Prefeito Lauro Michels ataca direitos dos servidores para justificar calote ao IPRED e sua incompetência

O Prefeito Lauro Michels utilizou nesta 2a feira, dia 26 de agosto de 2019, Jornal da Região para, mais uma vez,  atacar direitos dos servidores municipais tentando responsabilizar os trabalhadores e atribuir  aos direitos historicamente conquistados, as causas de  sua péssima administração e o calote recorrente que tem dado nos repasses ao IPRED.

O prefeito devia responder e trazer a público as dívidas que tem causado ao nosso Instituto de Previdência já que, desde que assumiu, vem sistematicamente deixando de cumprir a lei e acumulando falta de repasses da parte patronal devida pela Prefeitura, postergando esses repasses através de Acordos para parcelamento e do final de 2018 para cá, deixando de honrar o pagamento destes quatro acordos vigentes (segundo dados das Audiências Publicas do IPRED realizadas em 29/03/19 e 26/07/2019, o Déficit Orçamentário do IPRED em 2018 foi de R$ 141.323.704,61, que representa quase 10% da Receita Orçamentaria de toda a Prefeitura estimada para o ano de 2019. Até o final do 2º bimestre do ano em curso, o déficit de 2019 já ultrapassava os R$ 64 milhões), além de responder pelas inúmeras contrações de  comissionados que prometeu em sua campanha eleitoral combater  e o aumento das terceirizações na Prefeitura que impactam direitamente sobre a saúde financeira do nosso Instituto.

O SINDEMA repudia as declarações do prefeito e não medirá esforços para impedir que qualquer tipo de retrocesso atinja os servidores e prejudique o atendimento a população.

Os Funcionários Públicos de Diadema já mostraram sua força capacidade de organização e luta em outubro de 2017, quando ocuparam as ruas da cidade e a Câmara de Diadema em resposta as ataques do Executivo Municipal. Vamos à luta! Nenhum Direito a Menos!


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos
Estação
Click
X