Quarta-Feira, 03 de Marco de 2021
Sindema se solidariza com professores das redes públicas de SP e capital paulista

O Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema vem a público manifestar irrestrito apoio aos professores da rede estadual de ensino de São Paulo, que estão em greve sanitária em defesa da vida desde o último dia 8, contra o retorno das aulas presenciais em meio à pandemia do novo coronavírus. O Sindema também se solidariza com as profissionais e os profissionais da rede municipal de Educação da capital paulista, que iniciaram ontem a greve.

Nos somamos à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação; Fórum Estadual de Educação; Federação dos Trabalhadores em Educação do Estado de São Paulo; Central Única dos Trabalhadores (São Paulo); Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras; Intersindical – Central da Classe Trabalhadora; Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo; Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação de São Paulo; Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo; União dos Estudantes Secundaristas de Piracicaba; e Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza; que já se manifestaram publicamente a este respeito.

O Sindema reforça: retorno às aulas presenciais somente com a vacinação das profissionais e dos profissionais da Educação e condições de segurança sanitária nas escolas! Aprendizagem se recupera. Vidas não!

Sindema | Sindicato dos Funcionários Públicos de Diadema


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos
Estação