Quinta-Feira, 29 de Setembro de 2022
Entenda por que o funcionalismo público municipal de Diadema vai parar no dia 15 contra o decreto nº 8174

À luta! Vamos juntos denunciar a retirada de direitos, se organizar e mobilizar nos locais de trabalho e paralisar na quinta-feira, dia 15 de setembro, contra o decreto 8174 e por sua revogação! Anote na agenda e participe! Convide as/os colegas de trabalho! A presença de vocês fará toda a diferença!

1. O direito do servidor de cuidar de sua saúde e acompanhar familiares doentes está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
2. O direito do servidor de marcar e realizar consultas médicas está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
3. O direito do servidor de acompanhar os pais idosos em consultas e tratamentos médicos está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
4. O direito do servidor de acompanhar filhos e dependentes em consultas e tratamentos médicos está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
5. O direito do servidor de fazer fisioterapia está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
6. O direito do servidor de ir ao psicólogo está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
7. O direito do servidor de ir ao fonoaudiólogo está sendo negado pela Prefeitura de Diadema!
8. Nas Unidades Básicas de Saúde e demais equipamentos ninguém escolhe dia e hora para consulta médica!
9. Este decreto acaba induzindo os servidores a trabalharem doentes!


E não se esqueça... Concentração no Sindema às 8h e ato na Câmara Municipal às 14h! Contamos com a sua participação! Juntos somos fortes!

#revogaFilippi #revogadecreto8174 #Filippi #Diadema #Sindema #pratodesverem #paralisação #municipaisDiadema #15SrevogaFilippi #servidoresnaluta


Imprimir   Enviar para um amigo

Comentários

*Nome:
*Email:

*Comentário:

Seja o primeiro a comentar!

Vídeos